Nascimento do Thomas: dia mais feliz da minha vida

Agora vamos ao que realmente importa…o dia que meu príncipe veio ao mundo: uma 4a feira, 21 de setembro de 2011 as 14:19hs. Foi na Pró Matre Paulista e o parto foi uma césarea, pré-marcado 2 dias antes. Acho importante contar que a mamãe é uma “patife” pra sentir dor…sempre fui. Desde que me conheço por gente, sempre disse que o dia que tivesse um filho seria através de cesariana. Ainda mais na minha situação em específico que iria tê-lo sozinha (quero dizer sem o pai do bebê junto comigo) então o medo era um pouquinho maior : ) Respeito e admiro mulheres que querem qualquer tipo de parto: na água, normal, com e sem anestesia, em casa, etc. Pra mim, o importante é que a mãe esteja bem e tranquila com a sua decisão e passe essa tranquilidade para o bebê. E assim decidi pela minha abençoada cesariana.(Vocês saberão o porque do abençoada mais adiante). Importante mencionar que esse dia foi especial para minha família toda, afinal de contas o Thomas é o primeiro filho, primeiro sobrinho, primeiro neto, primeiro tudo. Estavam todos lá assistindo tudo de camarote. Meu pai, minha mãe e minha irmã Claudia (conhecida depois por “tia Crodinha”) foram pra lá cedo comigo e meu irmão Zé Carlos chegou na hora do parto. E o papai Kirk estava a postos no celular, email, etc. Essa foi antes de sair de casa, há algumas horas dele nascer….

   

Nós, assim que chegamos na Pró Matre:

    

Chegamos lá as 10 horas da manhã e a cesárea estava marcada para a 1:30pm. Ficamos sentados na sala de espera com várias outras pesssoas, tamanha era a quantidade de gente para ter bebê naquele dia! Lá pela 1h, o quarto foi finalmente liberado então a Cláudia e minha mãe foram para o quarto e eu e meu pai ficamos esperando sermos chamados para trocar de roupas e ir para o centro cirúrgico. Isso mesmo que você leu.. o meu pai esperou e foi comigo, participou da cirurgia ao vivo e a cores. Foi muito especial para todos…imagine para ele ver a própria filha tendo um filho….o nascimento do seu neto, seu primeiro neto! E eu fiquei muito grata por tê-lo ao meu lado me ajudando naquele momento emocionante de minha vida. Aqui a imagem do quarto:

A césarea em geral foi boa. A anestesia foi rápida e quase não doeu. Senti aquela “dormência” super forte nas pernas justo na hora que meu pai entrou no centro cirúrgico…e apesar de meio assustada, conversei com ele numa boa (como se nada tivesse acontecendo). Eu tinha ficado preocupada com ele por causa do comentário do médico atrás de mim que disse que meu pai estava “pálido” na hora que ele entrou na sala. (Apenas um parênteses. meu pai se comportou muuuito bem….nós que tínhamos medo que ele desmaisse, ficamos de queixo caído pois ele foi super bem e ainda tirou fotos, conversou, etc) Eu e meu pai, na sala de cirurgia, logo no início

Eu confesso que senti um frio na bariga no começo e para me acalmar, ficava perguntando pro médico onde ele estava, o que estava acontecendo, tal. ( e ele dizia: “ainda tô na gordurinha…” rsrsrsrs) Mas tudo numa boa, era um frio na barriga absolutamente normal pra situação. Minha mãe e meus irmãos estavam do lado de fora da sala e a uma certa altura, o médico pediu pra abrir a janela ( ficava transparente) para que eles pudessem ver o nascimento…. tum tum tum Depois de alguns minutos, o momento mais esperado…ouvi o chorinho do Thomas e meu coração bateu tão forte que parecia que ia sair pela boca…Meu Deus, que emoção ouvir o meu filho pela 1a vez… eu lembro de sentir as lágrimas escorrendo pelo meu rosto e a fotógrafa dizendo “sorria mamãe…”

A Cláudia olhava pra mim e dizia pelo vidro ” ele é lindo, ele é lindo”…Meu deus…. Nesse momento, o médico virou pra mim e disse “ainda bem que fizemos cesárea….o cordão umbilical dele estava com 3 voltas no pescoço”….como eu sempre digo…everything for a reason…! Graças a Deus foi tudo bem e ele nasceu saudável com 3,430g e 49 cm! Olha ele aí …. : )

Vovô mostrando o Thomas a família … todo orgulhoso….

e finalmente o trouxeram pra mim……….

Nessa hora ele abriu os olhinhos pra mim e eu vi que eram azuis….(eu tinha sonhado que meu bebê tinha olhos azuis). Logo depois ele fechou tamanha era a claridade na sala. E apagou, dormiu pesado lá… juntinho comigo.

essa foto mostra a emoção no meu olhar….junto com o meu bonequinho saudável e perfeito que parecia de porcelana de tão branquinho…. que sonho!

Pra finalizar, uma foto nossa com o vovô Zeca Sou e sempre serei MUITO grata a Deus por ter me dado essa benção maravilhosa que foi o meu filho Thomas. Foi um verdadeiro presente não só pra mim, mas para o papai e toda a família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *